27 de maio de 2010

Top de 5ª - Top 5 atores de quem você se lembra (mas não sabe o nome)

Sabe aquela sensação de "já vi essa cara em algum lugar" que a gente tem ao ver um ator num filme? Ou então aquele ator que você sempre lembra por algum papel, mas nunca lembra do nome? Essa é a minha homenagem ao coadjuvante desconhecido.

#5 - David Paymer - Você já o viu por aí. O tintureiro Leo de O Nome do Jogo. Ou, mais recentemente, o gerente do banco de Arraste-me Para o Inferno. Acho que David Paymer só ficou mais de dez minutos em cena em  Sequestro por Engano, um filme B que ele fez dividindo o papel de protagonista com Tom Arnold, outro coadjuvante convicto (lembra do cara chato em 9 meses? Era Tom Arnold). David Paymer é uma versão mais magra (e com certeza muito mais barata) do Danny deVito. Mas tão baixinho quanto.

#4 - Jeffrey Jones - Não dá pra ver esse cara na tela e não gritar "Rooooooneeeyy!!" com aquela voz dublada do Cameron na Sessão da Tarde. O diretor Ed Rooney de Curtindo a Vida Adoidado é um dos personagens mais odiados por qualquer um que tenha nascido nos últimos 35 anos. Apesar de ficar marcado para a eternidade pelo papel no filme de 1985, Jeffrey Jones tem uma longa filmografia, tendo trabalhado em diversos filmes do Tim Burton. Geralmente interpreta pessoas detestáveis, porque ele tem uma cara detestável. E não é pra menos: em 2003, foi preso por possuir pornografia infantil e pagar menores para posar para ele em poses sensuais. Dá pra imaginar o que ele ia fazer com Ferris Bueller se o pegasse. Fuja pras colinas, Matthew Broderick!

#3 - Ben Stein - Mais um monstro retirado de Curtindo a Vida Adoidado. Esse cara é o reponsável por cunhar uma das mais usadas e reconhecíveis referências da cultura pop em todo o mundo, e fez isso usando apenas duas palavras: Bueller e Alguém? Ben Stein também pode ser lembrado como o psiquiatra de O Máskara. Quando alguém precisa de um intérprete para um personagem chato, burocrático, e com voz monótona, Ben Stein é a melhor opção. Mais uma vez aqui, a arte imita a vida: Stein é advogado, comentarista de economia, e ganhou notoriedade por escrever os discursos de Richard Nixon!

#2 - Eugene Levy - "Precisamos de um coadjuvante para fazer o papel de um cara do Oriente Médio", diz um produtor. "Chama o Eugene Levy", responde o outro, sem pestanejar. Não dá pra não reconhecer as sobrancelhas grossas do pai do Jason Biggs em American Pie. Seja para interpretar um banqueiro judeu ou um dono de mercearia palestino, Levy já ganhou centenas de papéis no cinema por causa das duas taturanas bem nutridas que carrega acima dos olhos. Vai dizer que você nunca viu ele em alguma comédia barata por aí?

#1 - Steve Buscemi - Caso haja alguma dúvida, o "sc" se pronuncia como "ch". O meu preferido entre os atores coadjuvantes de todo do mundo. De todos esses caras, é o único que eu realmente considero um grande ator subaproveitado. Desde o metaleiro abobalhado em Airheads ou o "caçador de mulheres" em Armageddom, até o criminoso Mr. Pink em Cães de Aluguel, Steve Buscemi rouba a cena em todos os momentos em que aparece na tela. É realmente uma pena que esse cara acabe sendo tão pouco utilizado, fazendo pequenas participações em filmes do Adam Sandler.

Quanto às garotas, me desculpem... mas uma vez que a maior parte das personagens coadjuvantes femininas estão lá apenas para serem "gostosas de fundo", existem poucas mulheres que conseguem fazer carreira como "atriz coadjuvante": esse papel é reservado sempre às gostosas em ascenção. Ou em declínio, dependendo da idade do personagem.

Um comentário:

F disse...

notas:
1) armageddon (watch your spelling!)
2) a "Mae do Stiffler" (American Pie) eh um bom exemplo de coadjuvante divertida. Nao sei o nome dessa tia, mas ela apareceu em mais filmes e nunca eh a personagem principal.
3) se eu gastar 15 minutos aqui pensando em mulheres coadjuvantes que poderiam ser melhor aproveitadas acho um tanto razoavel. faça um esforço, seu machista!
8)

 
BlogBlogs.Com.Br